Thelma Guedes
Alunas da Faculdade Cásper Líbero fazem adaptações radiofônicas dos contos de Thelma Guedes

Alunos da Cásper Líbero adaptam meus contos para o rádio

Este trabalho dos alunos da Faculdade Cásper Líbero é um belo presente. Porque as adaptações radiofônicas realizadas pela turma do 4º ano de Rádio, TV e Internet da disciplina “Direção de Rádio” permitem que mais pessoas acessem a minha obra de um jeito novo e instigante! Foram cinco grupos, cada um tocando uma adaptação específica dentro do projeto “Peça Radiofônica: Escritoras Notáveis”.

Segundo o professor Roberto D’Ugo, que ministra a cadeira, o projeto buscou desenvolver e exercitar as competências narrativas dentro da linguagem própria do rádio. Ele destaca a importância de compreender o papel da fala, da música, do ruído e do silêncio, articulados como linguagem dramática.

Parente da radionovela, a peça radiofônica é quase desconhecida no circuito das emissoras abertas do Brasil. Na Europa e nos Estados Unidos, porém, este trabalho é produzido rotineiramente. Mais recentemente, graças à cultura do podcasting, produções e séries baseadas em dramaturgia radiofônica têm despertando o interesse de jovens, no exterior e também no Brasil.

 

COMO FOI FEITO O TRABALHO

Entre abril e maio, os alunos criaram roteiros baseados em contos e pequenas narrativas de escritoras brasileiras e estrangeiras. Havia um objetivo definido de levar para o rádio o universo ficcional produzido por mulheres. Thelma Guedes, Lygia Fagundes Telles, Clarice Lispector e Cora Coralina foram alguns dos nomes listados pelos os alunos. Houve então o contato comigo e eu adorei a ideia da dramaturgia radiofônica. Via Facebook, eu pude acompanhar um pouco do processo recebendo fotos e trechos em vídeo dos ensaios e gravações feitos nos estúdios da Cásper Líbero.

 

MAKING OF

Os vídeos acima descrevem o making of das adaptações radiofônicas dos contos “A Liga de Kali” e “O Ponto” realizada pelos alunos do 4º ano de Rádio, TV e Internet da disciplina “Direção de Rádio”, ministrada pelo professor Roberto D’Ugo na Faculdade Cásper Líbero em São Paulo.

 

PLAYLIST DAS ADAPTAÇÕES

Deu para perceber como é difícil a dramaturgia radiofônica. Porque é preciso fazer o ouvinte ‘ver’ as cenas, entender o contexto, sentir o clima da história que está sendo contada, apenas por meio de sons e diálogos. Essa recriação na linguagem do rádio me faz ‘ouvir’ melhor as histórias que eu criei.

Minha avaliação sobre as adaptações, feitas pelos alunos dos meus contos, é a melhor possível. O que mais me impressionou é a criatividade dos alunos na criação das ambientações e atmosferas dos contos. Parece que estamos “dentro” dos contos, ao ouvi-los. Muito bom mesmo! Para mim, depois de 20 anos de profissão, é maravilhoso ter a possibilidade de dialogar com jovens que estão começando agora.

As peças radiofônicas foram transmitidas pela Gazeta AM de São Paulo, emissora dirigida pela Faculdade Cásper Líbero que conta com a colaboração dos alunos da instituição.

Comente no Facebook